WEB

BUSCA NO SITE

Edição Atual Edições Anteriores Adicione aos Favoritos Defina como página inicial

Indique para um amigo


O Evangelho com
busca aleatória

Biblioteca Virtual
 
Biografias
 
Filmes
Livros Espíritas em Português Libros Espíritas en Español  Spiritist Books in English    
Mensagens na voz
de Chico Xavier
Programação da
TV Espírita on-line
Rádio Espírita
On-line
Jornal
O Imortal
Estudos
Espíritas
Vocabulário
Espírita
Efemérides
do Espiritismo
Esperanto
sem mestre
Links de sites
Espíritas
Esclareça
suas dúvidas
Quem somos
Fale Conosco

 

Biblioteca Virtual

Para visualização da maioria dos livros é necessário o aplicativo Adobe Acrobat Reader. Caso não tenha, faça o download gratuito no link ao lado. Clique para baixar o programa
Em cumprimento a Lei 9.610 de 19/02/98 sobre direitos autorais, alguns dos livros são oferecidos para uso exclusivo de deficientes visuais. Contamos com sua compreensão e respeito.


 
 

Chico Xavier - Coleção Completa
Obras do nº 381 ao 39
0


ANOTAÇÕES DA MEDIUNIDADE

Espírito: Emmanuel
Livro - 381 / Ano - 1995 / Editora - CEU

 
Leitores amigos
Mediunidade? Allan Kardec, o inesquecível Codificador da DoutrinaEspírita, 
não se esqueceu de endereçar à atualidade o seu valioso “O Livrodos Médiuns”, 
tornando-se o pioneiro do assunto que, ainda hoje, é ocampo de trabalho
para grande número de estudiosos e pesquisadores. E acreditamos que 
o tema é tão vasto que admitimos venha a surgir, no futuro, um “Tratado
de Mediunidade”, a fim de que diversas ciências sejam chamadas a nele 
colaborar.
Dito isto, registramos com simpatia as solicitações de vários amigos:
“Póque não escrever um compêndio em torno da questão? Por que
não mergulharmos o pensamento nesse imenso mar de investigações?”
Sinceramente, expressando-nos de modo pessoal, não dispomos dos
recursos que nos fariam necessários.
Aguardemos o tempo em que a experiência se nos desenvolva, 
até quevenhamos a alcançar o conhecimento minudenciado e mais
amplo dasrelações espirituais entre as criaturas.
Cada qual de nós, todavia, tem o dever de cooperar na solução dos
problemas humanos e aqui estamos para oferecer aos leitores amigos
algumas sentenças e apreciações resumidas, na área da filosofia,
relativamente à mediunidade. São frases e trechos extraídos de nossas
próprias páginas.
Sabemos que é muito pouco, ante os interessados e estudiosos que são
muitos. 
Acontece, no entanto, que perante numerosos sedentos, quando não se
consegue expor a fonte, ser-nos-á possível trazer alguns copos d’água.

Emmanuel
(Uberaba , 21 de fevereiro de 1995


PLANTÃO DE RESPOSTAS
Pinga Fogo II

Livro - 382 / Ano - 1995 / Editora - CEU

Amigo Leitor;
Em dezembro de 1971, amigos convidaram-nos para um encontro em público na capital de São Paulo e, já que se tratava de iniciativa beneficente, não havia razão para omitir-nos.
Lá nos fomos, o médium Xavier e eu, para a realização.
O evento teve lugar em vasto salão de simpática televisora e os autores das perguntas constituíam uma comissão distinta de jurados escolhidos pelos promotores do acontecimento.
Achavamo-nos com alguns companheiros junto do médium referido, que se mantinha em prece silenciosa, sustentando-se unido conosco, os amigos espirituais.
Não monopolizamos o serviço.
Certamente, algumas perguntas, o médium poderia responde-las sem nosso concurso direto, pois estava habilitado para isso, o que efetivamente aconteceu.
O programa se desdobrou com tranqüilidade.
Cada integrante do grupo de investigadores, a que chamamos “comissão julgadora”, formulava uma indagação vinculada a determinado assunto a que respondemos, mobilizando o médium sob nosso controle, diante do público numeroso e atento.
Assim chegamos ao término da tarefa.
Um de nossos amigos promotores do encontro falou, sem pretensão:
-Nossa tarefa concluída poderia constituir um livro. Aquele desejo foi atendido; o nosso trabalho ficou no plantão de respostas, nome com que personalizamos os nossos arquivos e agora retiramo-lo do silêncio, para dar-lhe circulação.
Aqui terminamos, amigo leitor, o nosso arrazoado e te oferecemos o livro com todo o material da entrevista realizada.
Desejando que o nosso encontro fraterno seja uma tarefa amiga em teus estudos, somos gratos pela atenção que nos dispenses e rogamos a Jesus, no nosso Divino Mestre, nos inspire e nos abençoe.

Emmanuel
Uberaba, 10 de setembro de 1994.


ELENCO DE FAMILIARES
Espírito: Diversos
Livro - 383 / Ano - 1995 / Editora -
IDEAL

Leitores Amigos
Na maioria dos casos de desencarnação a saudade e a separação constituem dramas pungentes entre os corações que ficam no Plano Fiasco e os que partem para a Vida Espiritual.
Pensando nisso, alguns dos amigos comunicantes, através do campo da mediunidade, nos solicitaram a formação de um livro de frases - uma só de cada um deles - para reconforto e esclarecimentos dos companheiros aflitos e sofridos das experiências terrestres.
Aqui está o volume despretencioso com as opiniões rápidas e expressivas de alguns poucos dos entes queridos que se fizeram presentes, em nossas reuniões, encorajando as pessoas que lhes são particularmente amadas.
Demos a estas páginas o título de Elenco de Familiares.
Familiares que se lembram de amparar e confortar, não apenas aqueles que se lhes vinculam à personalidade, mas também aos outros companheiros de jornada humana, que se interessam pelo conhecimento da transfêrencia de criaturas que se mudam para novo campo de ação, com o fenômeno da Grande Mudança.
Recebamos, pois, neste livro, um testemunho de solidariedade e boa vontade e, agradecendo aos promotores dessa iniciativa, rogamos a Jesus,
o nosso Divino Mestre, nos inspire e nos abençõe.

Emmanuel
(Uberaba, 18 de novembro de 1994)


ANTOLOGIA DA JUVENTUDE
Espírito: Diversos
Livro - 384 / Ano - 1995 / Editora -
GEEM

Juventude e Maturidade
Os idosos meditam.
Os jovens renovam a existência.
Entre uns e outros o tempo caminha e a vida se desdobra, descortinando a cada um as possibilidades de agir, criando a experiência.
Cada qual, manejando o próprio livre arbítrio, atende os desejos que lhes caracterizam os hábitos e as inclinações.
O tempo confere a cada um os resultados das próprias obras.
Alguns jovens, tendo deixado o corpo físico em plena vitalidade orgânica, observaram o nosso desejo de selecionar pensamentos e anotações de amigos libertos do Plano Físico, e expressaram também o propósito de organizar um volume que apresente um só trecho das notícias de cada um 
deles, no intuito de endereçar um lembrete aos irmãos da Terra.
E aqui está o volume despretensioso e sincero.
Será ele um repositório de lembranças somente dedicadas à juventude?
Não.
Aqui se reúnem esclarecimentos e lições que falam ao sentimento de qualquer de nós.
E, sobretudo, vemos nestas páginas simples e amigas que a desencarnação na mocidade, quase sempre, não é apenas renovação mas igualmente um fator decisivo de acesso à maturidade espiritual.

Emmanuel
(Uberaba, 8 de janeiro de 1995)


ANTOLOGIA DA AMIZADE
Espírito: Emmanuel
Livro - 385 / Ano - 1995 / Editora -
CEU

Prezado leitor
Em continuação à série de livros com temas especializados para consulta rápida, apresentamos esta seleta antologia em que as palavras de Emmanuel mais uma vez nos confortam como exemplo vivo de sua amizade espiritual sempre presente.
Possa o dom da amizade crescer sempre em todos nós

Beatriz Galves
(São Paulo, 4 de outubro de 1995)


SÍNTESES DOUTRINÁRIAS
Espírito: Diversos
Livro - 386 / Ano - 1995 / Editora -
CEU

Prezado leitor
Nesta época em que aprendemos valorizar cada minuto de tempo, faz-se necessário ter acesso às  informações com objetividade.
Assim, oferecemos neste livro uma coletânea de orientações doutrinárias essenciais para referência rápida; esperamos desta forma facilitar a atividade dos que estudam e pesquisam o Espiritismo Cristão, bem como daqueles que buscam uma orientação para a vida diária nos moldes de uma consciência ampliada e elevada espiritualidade. Que a luz do Senhor ilumine nossos Passos.

Beatriz Galves
(São Paulo, 19 de setembro de 1995)


ANTOLOGIA DA ESPERANÇA
Espírito: Diversos
Livro - 387 / Ano - 1995 / Editora - CEU

Leitor amigo
Seja qual for a dificuldade em que te encontres, não desanimes.
A esperança é a luz da vida.
Confiemos em Deus.

Beatriz Galves
(Uberaba, 15 de junho de 1994)


DOUTRINA - ESCOLA
Espírito: Diversos
Livro 388 / Ano - 1996 / Editora - IDE

Banquete de Luz
Ao compulsarmos os originais desta nova obra recebida pelo devotado médium Chico Xavier, diante da riqueza de cada página, sente que comparecíamos a um banquete espiritual, no qual cada Autor ofertava sua bandeja com manjares luminosos, de sabores diversos, ricos de ensinamentos fundamentais no Evangelho de Jesus e na Codificação Kardequiana.
Doutrina-Escola... expressivo título, pois, como autênticas e abençoadas Escola, a Doutrina Espírita – a Terceira Revelação -. Atua decisivamente na educação de nosso Espírito, não só objetivando a atual romagem terrena, mas propiciando-nos orientações e estímulos com vistas à aquisição das asas do Amor e da Sabedoria, indispensáveis à nossa evolução que se processa, sem retrocesso, nos Mundo Físico e Espiritual, obedecendo aos Desígnios Amorosos e Sábios do nosso pai celestial.
Leitor amigo, ao percorrer as páginas deste livro, sentir-se-á você, também, participante de um inesquecível banquete de luz.

Beatriz Galves
(Araras, 16 de dezembro de 1995)


SAUDAÇÃO DO NATAL
Espírito: Diversos
Livro - 389 / Ano - 1996 / Editora - CEU

Prezado amigo leitor
Este volume contém diversas mensagens do mundo espiritual que chegam até nós,  mais uma vez , graças à nobre  dedicação e voluntário Chico Xavier.
Poderíamos pensar que esta é uma coletânea de mensagens referentes exclusivamente ao   Natal, todavia, dentre várias destas, acham-se trovas, sonetos e textos que abordam os mais diversos temas, tais como saudade, arrependimento, tristeza, dinheiro, tentações, amor e morte. Há, porém, um mesmo fio condutor que une a todas, cardado na mais autêntica moral cristã. O resultado é um aconchegante balsâmico envoltório para nossos corações, quase sempre tão atormentados, suavizando nossos pensamentos, muitas vezes inquietos, e revelando os traços de uma verdadeira orientação espiritual que nos ampara e protege.
Seja através das encorajadoras palavras de Emmanuel há muitos anos passados, como as destinadas ao Ateneu Brasileiro de Cegos em 1947, seja através do linguajar agudo, direto e bem-humorado de Cornélio Pires pronunciando-se há poucas semanas, este livro é uma Saudação de Natal oportuna a qualquer momento de nossas vidas.
Que todos nós possamos desfrutar da paz e alegria que nosso Pai nos concede!
Saudações. 

Beatriz Peixoto Galves
(São Paulo, 20 de dezembro de 1995)


PAZ E AMOR
Espírito: Cornélio Pires
Livro - 390 / Ano - 1996 / Editora - CEU

Caro amigo leitor
Nas páginas que se seguem, Cornélio Pires mais uma vez se manifesta através de Chico Xavier. Desta vez, entretanto, não se trata de psicografia: Cornélio Pires verbalizou as trovas, duas por dia, ininterruptamente entre 26de novembro e 20 de dezembro de 1995, de modo que Chico Xavier pudesse a Borges.
O conhecimento pessoal e a amizade entre Cornelio Pires e Chico Xavier é hoje de longa data. Tendo sua personalidade sido moldada na juventude sob influência evangélica, pois ao vir de sua cidade natal, Tietê, para São Paulo em 1901, aos 17 anos de idade, passara a residir com uma tia protestante que logo o mandou à Igreja Presbiteriana, Cornélio tinha muita fé e conhecimento dos textos bíblicos. Começou a encontrar o que julgava ser contradições nos Evangelhos. Depois de diversos contatos espirituais aparentemente inexplicáveis, “Assim foi que, recebendo claras instruções, me tornei espírita, os menorzinhos e dos mais ignorantes”.
Cornélio esteve visitando Chico em Pedro Leopoldo por duas vezes: em 1941 e 1942, permanecendo por dois ou três dias cada vez. Este distinto poeta e notável humorista, radialista, folclorista e jornalista entre outras atividades, trabalhou muito favor dos mais necessitados. Em seus últimos dias, sob cuidados médico-hospitalares e a atenção de amigos, regularmente recebia um suco de frutas feito pelas mãos de uma alma generosa que também era ligada a Chico Xavier. Cornélio padeceu de um câncer de garganta e desencarnou em fevereiro de 1958, em São Paulo. Pouco depois, começou a manifestar-se através da psicografia de Chico Xavier e Cornélio Pires à Doutrina Espírita, ao amor, permanecerá frutificando e trazendo leveza e graça, um dos sinais dos sábios, até nós, aspirantes à Luz Maior, por incalculáveis calendas.
Que as bênçãos de Jesus continuem se espalhando à nossa volta. 

Emmanuel
(Uberaba, 25 de janeiro de 1996)


Voltar à página anterior


O Consolador
 Revista Semanal de Divulgação Espírita