WEB

BUSCA NO SITE

Edição Atual Edições Anteriores Adicione aos Favoritos Defina como página inicial

Indique para um amigo


O Evangelho com
busca aleatória

Biblioteca Virtual
 
Biografias
 
Filmes
Livros Espíritas em Português Libros Espíritas en Español  Spiritist Books in English    
Mensagens na voz
de Chico Xavier
Programação da
TV Espírita on-line
Rádio Espírita
On-line
Jornal
O Imortal
Estudos
Espíritas
Vocabulário
Espírita
Efemérides
do Espiritismo
Esperanto
sem mestre
Links de sites
Espíritas
Esclareça
suas dúvidas
Quem somos
Fale Conosco

 

Biblioteca Virtual

Para visualização da maioria dos livros é necessário o aplicativo Adobe Acrobat Reader. Caso não tenha, faça o download gratuito no link ao lado. Clique para baixar o programa
Em cumprimento a Lei 9.610 de 19/02/98 sobre direitos autorais, alguns dos livros são oferecidos para uso exclusivo de deficientes visuais. Contamos com sua compreensão e respeito.


 
 

Chico Xavier - Coleção Completa
Obras do nº 311 ao 32
0


CORAÇÕES RENOVADOS

Espírito: Diversos
Livro - 311 / Ano - 1988 / Editora -
IDEAL

 

Leitor amigo
“Como chegam os recém-desencarnados no Grande Além?”.
Esta pergunta endereçada a nós outro por centenas de pessoas, reclama resposta ainda que ligeira, à vista da sinceridade com que é formulada em cartas amigas e sinceras.
Os companheiros da Humanidade, tão logo se desfazem dos liames que os prendiam ao veículo físico, sentem-se surpreendidos e assustados, não obstantes haverem saído do Mundo Espiritual para o renascimento na Terra.
Em geral, quase todos penetram nas regiões que lhes oferecem nova moradia, guiados por entes queridos que se lhes fazem protetores.
Trazendo ainda os remanescentes do corpo e das situações que lhes marcavam a existência, a maioria aparece ignorando a condição em que se encontra, cada um refletindo os objetivos que lhes caracterizavam no mundo físico. Tranqüilos ou desorientados, calmos ou aflitos, doentes ou inquietos, todos recebem a assistência de que se revelem carecedores nos parque de repouso ou casas de refaziamento, conforme o que fizeram da vida na Terra.
Nem favor, nem prodígio.
Neste livro, trazem uma coleção de comunicados que falam a familiares e amigos da residência espiritual em que foram acolhidos.
Bastará uma leitura rápida para que o amigo leitor se capacite do assunto que nos serve de motivo a esta despretensiosa apresentação, de vez que os leitores compreenderão a realidade por si próprios.
Resta-nos, assim, o reconforto de agradecer a Jesus a oportunidade que se nos confere, reafirmando que os supostos mortos atingem a verdadeira vida e seguem adiante, aprendendo e evoluindo, progredindo e aperfeiçoando-se de renovação em renovação.

Emmanuel
(Uberaba, 26 de julho de 1988)


CONSTRUÇÃO DO AMOR
Espírito: Emmanuel
Livro - 312 / Ano - 1988 / Editora - CEU

Amigo Leitor
Pergunta-se-nos como se constrói o amor, qual se deseja; uma integração das criaturas com outras  criaturas, de modo que se amem desde as nascentes do afeto da sublimação, no qual se ajustam uma às outras no Amor Infinito de Deus.
Imaginemos o amor como sendo a construção de um palácio, construído necessariamente por variadas peças . Semelhantes peças seriam nomeados por diversas designações , como sendo:
 animalidade, simpatias, brutalidade, antipatias, egoísmo, solidão, ciúmes, felicidade, tirania, crueldade, possessão, desventuras, poligamia, ansiedades, desgaste, trabalho, união, cuidados,desunião, entendimento, família, incompreensão, esperança, abandono,desgostos, proteção, rixas, harmonia, alegrias, desajustes, tristezas, confiança,lealdade, tolerância, infidelidade, perdão, conciliações, renúncia.
Reconciliações Sublimação.
São esses alguns dos elementos indispensáveis à aquisição das experiências que são selecionadas pelo próprio espírito, através de numerosas reencarnações na Terra ou em outros mundos. A extinção de cada item negativo e a criação de cada qualidade edificante exigem por vezes séculos e séculos.
Este sem a pretensão de ensinar, é apenas um esforço modesto de companheiro e servidor para que nos decidamos a cultivar as características nobres do amor, resgatando nossos débitos prováveis, no curso das existências inúmeras, até chegarmos à sublimação que nos fará partícipes do Amor Ilimitado de Deus.

Emmanuel
(Uberaba, 11 de junho de 1988)


IRMÃOS UNIDOS
Espírito: Diversos
Livro - 313 / Ano - 1988 / Editora -
GEEM

Leitor Amigo
Numerosos são os companheiros da vida física que nos endereçam perguntas, notadamente quanto à preparação das criaturas humanas para a Vida Espiritual.
Nota-se que não desejam atingir o Mais Além, à maneira da analfabetos do Espírito.
Acontece, porém, que nós, os amigos desencarnados, estamos muito longe da sublimação que caracteriza as almas angélicas.
Reunimo-nos, no entanto, uns com os outros, a fim de estudar a formulação de nossas respostas compatíveis com as possibilidades de compreensão e assimilação desses companheiros, domiciliados transitoriamente na Terra.
Serviço de irmãos para irmãos que pode ser realizado igualmente, no mundo, em simpósios de almas afins entre si, procurando as melhores soluções para os problemas do burilamento íntimo.
Diante disso, nasceu este volume, sem idéias de superioridade, sem pretensões e sem qualquer preocupação de ensinar.
Se estas páginas simples te puderem ser úteis, estaremos a postos, no intuito de agradecer-te a atenção que nos dispensas, ao mesmo tempo em que rendemos Graças a Deus.

Emmanuel
(Uberaba, 06 de maio de 1988)


ESCOLA NO ALÉM
Espírito: Cláudia P. Galasse
Livro - 314 / Ano - 1988 / Editora - IDEAL

Prezados leitores
Cláudia Pinheiro Gabasse é uma jovem desencarnada em 1982, que voltou à vida Espiritual sob o amparo de familiares e amigos.
Entregue ao tratamento de recuperação, só em princípios de 1983, atingiu o próprio restabelecimento, conscientizando-se quanto à dor que deixara entre os familiares queridos.
Embora as lágrimas, porém, conseguiu equilibrar-se à custa de persistente esforço mental, merecendo o reconforto de comunicar-se com os pais e irmãos, a fim de fortalecê-los.
Em 1984, atendendo-se lhe à paciência e ao trabalho constante, em favor dos irmãos desenfaixados do corpo físico, mas ainda doentes e revoltosos, foi admitida em um dos nossos vários Institutos de apoio e amparo à infância no Além, espiritualmente desprotegida.
Desde esse tempo, vem funcionando com elevado senso de compreensão e humildade, crescendo na admiração e no respeito dos Mentores que supervisionam as nossas Instituições, entre as quais nos encontramos.
Em 1985, foi promovida à condição de professora do nasço Educandário, tornando-se a protetora de todas as crianças, ante os dotes espirituais que lhe caracterizam a vida.
Em 1986, sempre devotada ao espírito do serviço, estudando e ensinando, trabalhando e aprendendo, realizou notáveis diálogos e palestras com grande número de colegas e professores, destinados à elevação do nível mental deles mesmos.
Em janeiro do ano de 1987, instituiu-se entre vinte, das dezenas de Institutos educativos da região, um concurso para a apresentação de um livro, estruturado em pequenas dimensões e tão simples quanto possível, para esclarecimento e reconforto dos familiares que choram a perda de crianças no mundo, especialmente os pais.
O livro seria elaborado por professores que estivessem vinculados na região às áreas do ensino, e devia contar com simplicidade o cotidiano das crianças desencarnadas, retratando-lhes a Vida Espiritual, em traços rápidos.
Cinco Mentores receberiam as páginas das candidatas para exames e conclusões oportunas.
Mais de duzentos educadores compareceram ao certame. E depois de intensa movimentação durante meses, em setembro último, no dia consagrado a Primavera, os resultados foram conhecidos.
O primeiro lugar foi conquistado pela professora Cláudia Pinheiro Galasse, com os aplausos de todos os presentes.
Este é o livro, leitores amigos, que te entregamos nestas páginas simples e despretensiosas, rogando a Jesus que abençôe e inspire a Autora e a todos nós.

Emmanuel
(Uberaba , 26 de outubro de 1988)


INDULGÊNCIA
Espírito: Emmanuel
Livro - 315 / Ano - 1989 / Editora -
IDE

Amigo Leitor
A indulgência é a outra face da caridade.

Emmanuel
(Uberaba, 20 de janeiro de 1989)


FOTOS DA VIDA
Espírito: Augusto Cezar Netto
Livro - 316 / Ano - 1989 / Editora - GEEM

Terminamos a aula-encontro, de que participaram numerosos companheiros, quando solicitamos a atenção de Augusto.
- Muito bem! - dissemos felizes - lemos as suas produções que serão lançadas brevemente na Terra e nos regozijamos com a forma digna, através da qual você expressou as suas impressões e pensamentos.
Augusto Cezar, desapontado, fez um sorriso de agradecimento, entretanto, para não encerrar o diálogo, tornamos a palavra, perguntando:
- Que título dará você ao seu novo trabalho?
Interpelado, assim diretamente, o companheiro respondeu:
- Estimaria que o senhor nos nomeasse as páginas modestas.
E a nossa permuta de idéias continuou:
- Não devo esquecer a sua capacidade de escolha e de iniciativa. As suas observações nos oferecem fatos reais da vida. Você alinhou assuntos da maior atualidade e, em seus escritos, os corações se movimentam, qual se estivessem sob os nossos olhos. Para você grafar os seu livro, terá penetrado tão fortemente nos quadros do cotidiano terrestre, que isso confere ao seu trabalho o mérito de alguém que aprendeu a ser simples, a fim de alcançar a simplicidade com que age a maioria dos nossos irmãos domiciliados no Plano Físico. Felício a você, desejando-lhe muita alegria e muito trabalho.
Em seguida, Augusto retirou-se, sobraçando o volume que nos deixara em mãos, por alguns dias e notamos surpreendidos que o amigo nos fixara a observação, quando nos voltou à presença, trazendo-nos o livro pronto com a legenda: -Fotos da Vida.
Trocamos um olhar de alegria e reconhecimento e aqui apresentamos ao leitor amigo o volume despretensioso com que o nosso companheiro se faz credor de nossa confiança e admiração.

Emmanuel
(Uberaba, 20 de maio de 1988)


CONFIA E SERVE
Espírito: Diversos
Livro - 317 / Ano - 1989 / Editora - IDE

Confiar e Servir
Servir é a metade do êxito. Confiar é a outra metade.
Neste livro, encontraremos, por binômio básico, a união do serviço e da fé, nas entrelinhas de cada produção dos Amigos Espirituais que conjugaram esforços para constrói-la.
Quem serve, sem o propósito de compensação, acumula a simpatia alheia e a força do Bem, suscetíveis de trazer-lhe à cooperação dos outros nas realizações que demande e quem cultiva a confiança nas Leis Divinas, delas recolhe a cobertura defensiva para a caminhada no cotidiano.
Aliás, a Natureza é todo num parque de testemunhos do que afirmamos.
A planta apóia a vida humana, mas, nos prodígios do heliotropismo, ergue-se à procura de Sol e encontra-lhe o calor, a fim de aquecer a própria estrutura.
A semente aceita o berço de barro, no entanto, germina e, em breve tempo, estende frondes protetoras, devendo ao barro a hospedagem para as próprias raízes.
O Apóstolo Tiago, na epístola que dirigiu à Cristandade, afirma em certo versículo: (Tiago, 2-17) “A fé sem obras, é morta em si mesma”.
Recordemos o ensinamento e peçamos a Jesus nos auxilie a servir e confiar.

Emmanuel 
(Uberaba, 18 de janeiro de 1989)
 

A Serviço da Fé:
Leitor Amigo, este livro que com alegria te entregamos às mãos, é uma obra coletânea de páginas de diversos companheiros que se dedicam, na Vida Maior, à divulgação do Evangelho do Senhor à  luz meridiano da Doutrina Espírita.
São mensagens que nos convidam a refletir sobre as realidades da vida e na inadiável tarefa da renovação íntima, a fim de que possamos, à partir de nós mesmos, edificar o Reino de Deus sobre a Terra.
São convites ao trabalho e à perseverança, à fé e à coragem de que todos necessitamos, na jornada redentora que empreendemos.
Agradecendo ao Mestre por mais esta oportunidade, embora as imperfeições que ainda nos assinalam, rogamos a Ele que nos fortaleça e nos abençoe em nossos propósitos de servir confiando e de confiar servindo.

Albino Teixeira
(Uberaba, 18 de janeiro de 1989)


ACEITAÇÃO E VIDA
Espírito: Margarida Soares
Livro 318 / Ano - 1989 / Editora -
UEM

A flor que o nome do Espírito simboliza é singela, porém integra toda a gama de flores da Natureza que o Criador  nos oferta como estímulo e inspiração, mostrando-nos a Sua Presença entre nós: na beleza da forma, na variedade dos matizes, na fragrância que balsamiza, despertando em nossa alma sintonia com vibrações puras que inebriam.
É a sabedoria na simplicidade, lembrando as palavras de Jesus: “Graças vos dou, Pai, que as ocultastes aos doutos e prudentes”.
O título evidencia o conteúdo, dentro do ensinamento do Mestre.
Manuseando o livro repassamos, folha a folha, as Páginas  da Vida que marcam, no dia-a-dia, a existência humana: a dor que burila, a lágrima sem revolta, que purifica os corações, a incompreensão de outrem, que nos leva à conquista da paciência, a oração, que sustenta, a perseverança, que assegura a vitória sobre nós mesmos, a confiança, ponte para travessia das dificuldades, a fé, sustentação de nosso espírito, a coragem, que nos garante a firmeza da caminhada, compreensão, que abra caminho ao entendimento, a persistência, embasada na oração, que nos coloca ao abrigo até que passem as crises, mantendo-nos o bom humor, que minimiza as tensões, a certeza da Imortalidade, que faz com que nosso coração mantenha-se sempre alimentado na fé, que é, na conceituação de nosso Benfeitor Espiritual Emmanuel, “a divina claridade da certeza”.
Graças à mediunidade de nosso amado Francisco Cândido Xavier, ensinamentos e revivescência da Mensagem de Jesus são evidenciados em conceitos fecundos que nos apresentam primorosamente catalogados, com segurança e brilho, por Geraldo Lemos Neto, os quais realçam a missão da Mulher.
Mulher-filha
Mulher-irmã
Mulher-esposa
Mulher-amiga
Mulher-mãe
Ensinamentos reunindo flores e espinhos da Vida, culminado toda a vivência com a gloriosa síntese de Mulher-avó.
Temos neste livro o roteiro da Mulher-Cristã, discípula de Jesus, em seu esforço diuturno nas lutas de ontem e de hoje, que se sucedem na busca da ascensão espiritual, direcionando nossas reflexões no tópico “O Ideal da Serenidade”, para a Aceitação que nos levará à conquista da Vida que buscamos: “A Redenção psíquica requer essas depurações necessárias”, do dia-a-dia de nossa existência.

Maria Philomena Aluotto Berutto
Presidente
UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA
(Belo Horizonte, março de  1988)


DOUTRINA E APLICAÇÃO
Espírito: Diversos
Livro - 319 / Ano - 1989 / Editora - CEU

Amigo Leitor
Muitos companheiros, ainda vinculados à vida física, nos solicitam orientações e roteiros de ação, qual se fosse mentores especialmente habilitados para indicar-lhes o caminho a seguir.
Somos, porém, irmãos de jornada, aprendizes da mesma escola de evolução e vida.
A verdade, no entanto, é que a Doutrina Espírita, em si, reúne instruções e diretrizes, em todos os rumos, conclamando-nos a expressá-la em nosso próprio aperfeiçoamento espiritual e, sobretudo, convidando-nos ao trabalho de solidariedade, em que se nos faça possível testemunhar o que aprendemos e ensinamos, no relacionamento de uns para com os outros.
De que vale uma enxada inerte, que se compraz tão somente em aguardar a vitória da ferrugem? Que dizer da lâmpada que se negasse a fazer luz, quando se encontra claramente preparada a fim de transmite-la? Como interpretar a árvore que não entregasse os próprios frutos, em  proveito das criaturas, de modo a guardá-los para a exaltação dos vermes ? De que maneira qualificar um homem que possuísse  uma biblioteca e que, além de menosprezar-lhes os livros, a encerrasse em sombra e poeira, acentuando o regalo das traças?
Não tenhamos dúvida. Chamados à aquisição do conhecimento superior, achamo-nos na condição de detentores do pão espiritual que nos compete repartir com os famintos de paz ou com almas subnutridas de nossa própria estrada.
É por isso que, reunidos em equipe de aprendizado, nós, os amigos desencarnados, nos reunimos para estruturar e ofertar-te este livro simples e despretensioso.
Que estas páginas desataviadas, conquanto sinceras, consigam despertar-nos para compreender e amar, trabalhar e servir, sob a inspiração de Jesus, o nosso Divino Mestre,  são os nossos votos.

Emmanuel
(Uberaba, 17 de Janeiro de 1989)


SERVIDORES NO ALÉM
Espírito: Diversos
Livro - 320 / Ano - 1989 / Editora - IDE

Amigo leitor
Muitos companheiros nos escrevem, indagando sobre os processos de vivência, nas comunidades espirituais ligadas à Terra.
Percebemos nesses amáveis missivistas, o desejo de algo saber acerca da higiene e assuntos outros, entre os nossos semelhantes, logo após a desencarnação do corpo terrestre.
Imaginemos uma grande cidade ou um conjunto colossal de moradias, todas dedicadas à recuperação gradativa dos irmãos ainda vinculados à desencarnação recente, que procedem às dezenas do mundo físico, diariamente, a esses domínios que nos habituamos a designar com o nome de “colônias espirituais”.
Os companheiros que voltam do mundo físico à convivência dos irmãos desencarnados, serão, todos eles, portadores de pensamentos e propósitos iguais?
Como aceitar uma enormidade dessas, quando, na própria Terra, enxameiam os justos e os injustos, os bons e os maus, os ignorantes e os cultos, os ponderados e os imprudentes, misturados uns com os outros, buscando as trilhas d evolução?
E os problemas dos hábitos?
Os bebuns se acomodam facilmente nessas regiões inferiores, corrigindo-se, quanto aos anseios de absorção dos líquidos que lhes entontecem a mente; e os viciados na poligamia, em nome do amor, terão esquecido, de momento para outro, as emoções que preferem?
Claro que não.
Tempo, tratamento e reeducação surgem por forças inevitáveis do reajustamento espiritual , na base da paciência e do estímulo, da consolação e do amor.
O remédio, em doses inadequadas, prejudica o doente ao invés de auxiliá-lo.
É assim que nas proximidades das lides humanas, temos as turmas dos servidores voluntários da higiene, da limpeza no serviço público e do socorro. Enfim, tudo nas bases da lógica, nas escolas de regeneração, do esclarecimento pacífico e do amparo espiritual.
Este livro é um conjunto de páginas referentes aos ensinos administrados pelos instrutores a que nos referimos, a benefício dos desencarnados infelizes e de todos nós, os aprendizes que lhes admiram a cultura, conhecendo com amigos da atualidade terrestre que os “pensamentos são coisas ou formas” e que todo objeto de uso é um núcleo de vibrações condensadas para certos fins.
A morte do veículo físico não transforma a ninguém, instantaneamente, e sim, passo a passo e esforço, distinguindo-se nesse trabalho os espíritos mais diligentes e os mais devotados ao aperfeiçoamento individual.
Neste livro simples se alinham muitos dos lembretes e ensinamentos dos amigos espirituais e, pensando no valor destas lições dispensamo-nos de maiores comentários, confiando na interpretação dos companheiros que já possuem “olhos de ver” e “ouvidos de ouvir”.

Emmanuel
(Uberaba, 05 de Julho de 1989)


Voltar à página anterior


O Consolador
 Revista Semanal de Divulgação Espírita