WEB

BUSCA NO SITE

Edição Atual Edições Anteriores Adicione aos Favoritos Defina como página inicial

Indique para um amigo


O Evangelho com
busca aleatória

Biblioteca Virtual
 
Biografias
 
Filmes
Livros Espíritas em Português Libros Espíritas en Español  Spiritist Books in English    
Mensagens na voz
de Chico Xavier
Programação da
TV Espírita on-line
Rádio Espírita
On-line
Jornal
O Imortal
Estudos
Espíritas
Vocabulário
Espírita
Efemérides
do Espiritismo
Esperanto
sem mestre
Links de sites
Espíritas
Esclareça
suas dúvidas
Quem somos
Fale Conosco

 

Biblioteca Virtual

Para visualização da maioria dos livros é necessário o aplicativo Adobe Acrobat Reader. Caso não tenha, faça o download gratuito no link ao lado. Clique para baixar o programa
Em cumprimento a Lei 9.610 de 19/02/98 sobre direitos autorais, alguns dos livros são oferecidos para uso exclusivo de deficientes visuais. Contamos com sua compreensão e respeito.


 
 

Chico Xavier - Coleção Completa
Obras do nº 211 ao 22
0


ADEUS SOLIDÃO

Espírito: Diversos
Livro - 211 / Ano - 1982 / Editora - GEEM

 

Leitor amigo
Nas horas de provação e tristeza, não te deixes abater por amargura e desencanto. Sobretudo , nos momentos em que, porventura, te suponhas a sós para solucionar graves problemas ou contornar determinados obstáculos, ante os desafios construtivos da existência, recorda que amigos, hoje domiciliados no Mais Além, te inspiram e te assistem, amparando-te as decisões e caminhos.
Este livro despretensioso é uma demonstração do que afirmamos.
Aqui, nestas páginas simples, encontrarás o intercâmbio entre criaturas amadas cuja afeição recíproca a morte não conseguiu apagar ou esmaecer.
Leiamos estas notícias e recados do Mais Além para a Terra e observaremos que neste volume se destaca a presença da esperança, como a dizer-nos, em nome de Deus e em nome da Vida Imperecível: "adeus, solidão".

Emmanuel
(Uberaba, 15 de maio de 1982)


PRAÇA DA AMIZADE
Espírito: Diversos
Livro - 212 / Ano - 1982 / Editora - CEU

Leitor amigo
Compulsávamos, para estudo, alguns conjuntos de trovas articuladas por vários poetas, atualmente domiciliados na Vida Espiritual, quando um amigo ponderou:
- Temos companheiros diversos que se fizeram obreiros do bem e da verdade, em muitas das cidades brasileiras, que estimariam transmitir algum pensamento aos amigos que deixaram no Plano Físico. Já que não se lhes  faz possível a comunicação longa dedicada a esses mesmos amigos, não poderiam eles escrever algum recado breve, tão breve quanto a mensagem de cada trovador?
E ante o nosso silêncio, acrescentou:
- Conseguiríamos, desse modo, organizar um volume, sob o título "Praça da Amizade", a significar um encontro expressivo entre nós todos.
A idéia tomou vulto em nosso espírito, e promovemos a lembrada combinação.
As trovas transmitidas pelos respectivos autores, sempre em nossas reuniões públicas das noites de sábado, no Grupo Espírita da Prece, nesta Cidade de Uberaba, foram apresentadas a numerosos companheiros que se nos associaram ao esforço, grafando em nossas reuniões íntimas os comunicados diminutos que constam deste volume despretencioso, em que nos subordinamos aos temas escolhidos pelos estimados poetas, a fim de endereçarmos os nossos recados simples aos amigos com moradia transitória na Terra.
É por isso que, neste livro, somos todos participantes do mesmo propósito de intercâmbio com os irmãos do mundo físico, enviando-lhes os nossos pensamentos de afeição e trabalho, renovação e esperança.
Eis porque este volume recebeu o título com que se apresenta. É que, nestas páginas de fraternidade, podemos todos refletir juntos, nas realidades e consolações da existência, permutando idéias rápidas sobre os problemas da vida e sobre a infinita extensão das bênçãos de Deus.

Emmanuel
(Uberaba, 23 de março de 1982)


GABRIEL
Espírito: Gabriel
Livro - 213 / Ano - 1982 / Editora -
IDE

São muitos os leitores que nos solicitam seja organizado um volume com os testemunhos evidentes da sobrevivência de algum jovem desencarnado, no qual seja ele o depoente único das próprias impressões, além da morte.
Que se explica, de tal modo, que não deixe dúvidas quanto à presença dele nos textos enviados do Mais Além.
Que seja identificado pelos familiares.
Que haja partido da Terra, enriquecido pelos conhecimentos da vida, no Plano Físico, e no Plano Espiritual.
Que forneça as notícias possíveis do que sentiu, viu e ouviram, nos primeiros dias na Vida Maior.
Que haja deixado companheiros que lhe atestem a passagem na cidade em que residiu e na qual encontrou a desencarnação.
Que possa algo dizer das vantagens dos conhecimentos de ordem superior que transportou consigo, da experiência terrestre para a Espiritualidade.
Neste livro, encontramos a resposta aos pedidos a que nos reportamos.
O Jovem Gabriel Casemiro Espejo, desencarnado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo, 27 de junho de 1974, com os seus expressivos comunicados mediúnicos, apresentados e analisados pelo nosso companheiro Elias Barbosa, que lhe estuda a personalidade, neste volume, é um amigo que atende aos requisitos indicados.
Aqui tem, desse modo, leitor amigo, o mensageiro que te trazemos ao apreço e à consideração. E que as palavras dele, expressando verdade e amor, consigam fizar-se em nosso coração e em nossa memória por autênticos reflexos dos ensinamentos de Jesus Cristo, Nosso Divino Mestre e Senhor, são os nossos votos.

Emmanuel
(Uberaba, 27 de junho de 1982)


ENTES QUERIDOS
Espírito: Diversos
Livro - 214 / Ano - 1982 / Editora - GEEM

Vários escritores da Terra, em se referindo às mensagens do Mais Além, costumam indagar com humor:
"- Se o campo terrestre está repleto de provações, por que os mortos voltam aos lugares em que viveram? Não encontraram, porventura, mundos melhores que o nosso? Por que tamanha vinculação dos espíritos desencarnados com a vida física? Por quê?"
Acontece que a pessoa desenfaixada do corpo físico, assim qual ocorre às criaturas humanas, tem a vida onde se lhe situa o coração.
É possível que milhares de seres, em se descartando do corpo denso da Terra, aspirem a conquistar novos estágios de progresso, em outros orbes ou em esferas outras de atividade espiritual, que se marcam por mais amplos característicos de elevação, mas, no tempo justo de semelhante mudança, refletem nos entes queridos que ainda permanecem na experiência terrestre.
E indagam de si próprias: seriam felizes em novos céus, sem a companhia daqueles aos quais se reconhecem ligados pelos sentimentos mais nobres? Como deixá-los ao sabor das provações em que jazem desfalecentes, quando se lhes faz possível estender-lhes as mãos no socorro ansiosamente esperado? Se atingiram a luz de que modo esquecer os entes amados, ainda nas trevas? Ser-lhes-ia correto abandonar as pessoas que lhes invocam a intercessão e a defesa, corações que, na Terra, lhes consagraram especial carinho?
Daí nasce nos espíritos, relativamente evoluídos e felizes, a vinculação com os círculos de experiência física, às vezes, por tempo indeterminado.
Sentem-se impelidos a despertar as afeições de ontem para a esperança e para o bom-ânimo de que necessitam para buscar o futuro melhor.
Leitor amigo, pelas razões expostas é que te ofertamos, com atencioso apreço, o presente livro que consubstancia o testemunho despretensioso do amor com que se interligam os entes amados que partiram ao encontro da Espiritualidade Maior e os que permanecem, no Plano Físico, evidenciando, mais uma vez, o espírito de seqüência que preside as ocorrências da evolução e a certeza de que, com a perenidade da alma, o amor é também a nossa luz imortal.

Emmanuel
(Uberaba, 12 de setembro de 1982 )


LEALDADE
Espírito: Maurício G. Henrique
Livro - 215 / Ano - 1982 / Editora - IDE

Amigo Leitor
Este livro é um documentário original, apresentando-nos um jovem amigo que, transferido para a Vida Maior, em lamentável acidente, volta ao Plano Terrestre, no intuito de fazer justiça ao companheiro que lhe assistiu a provação.
Aqui vemos Maurício Garcez Henrique, transfigurado em intérprete da justiça, falando por si e angariando cooperadores que o auxiliassem no empreendimento de evidenciar a inculpabilidade de um amigo.
Livro de páginas veementes, das quais o nosso irmão Hércio Arantes se faz o legítimo relator, entretecendo comunicados do Mais Além e considerações traçadas por ele mesmo e por outros respeitados colaboradores, em derredor do assunto, o trabalho realizado nos sensibiliza e nos esclarece.
Acima de tudo, amigo leitor, oferecem-lo à sua estimada atenção, a fim de reconhecermos, mais uma vez, que o trabalho do bem e da verdade prossegue além do Plano Físico e que a lealdade, entre irmãos, continua além da morte, por vínculo de elevação na Vida Imortal.

Emmanuel
(Uberaba, 8 de junho de 1982 )


SEGUINDO JUNTOS
Espírito: Diversos
Livro - 216 / Ano - 1982 / Editora - GEEM

Caminhávamos - um grupo de amigos - na direção do trabalho que nos aguardava no Plano Físico.
E dialogávamos.
Por que nos determos nas tribulações transitórias dos homens na Terra?
Não seria mais justo comentar lembranças construtivas de nossas atividades, junto aos companheiros corporificados no mundo?
E, de permeio com as nossas esperanças no futuro, líamos de memória os nossos próprios recados e mensagens dirigidas às criaturas.
Ensinamentos do Divino Mestre.
Lições da vida.
Apelos à nossa própria renovação.
Convites da Espiritualidade.
Poemas de fraternidade e fé viva.
Páginas de humor edificante.
Quase atingindo o nosso objetivo, um dos componentes da caminhada observou:
- Por que não formar um volume, ainda que muito simples, relacionando todas as nossas páginas memorizadas e dedicando-as aos irmãos vinculados à experiência terrestre?
Daí nasceu este livro singelo que te entregamos, leitor amigo, por oferta de amizade e reconhecimento, em nossa jornada, seguindo juntos no tempo. Não se constitui de preciosidades literárias e sim de lembranças, recolhidas numa excursão de trabalho para os que se propõem a compartilhar de nossas tarefas na Seara do Bem.
Efetivamente não são jóias buriladas, na ourivesaria do estilo e das belas letras, no entanto, são reflexos de nossos ideais em torno do Evangelho de Jesus e da imortalidade da alma, da excelsitude da vida e da grandeza do amor.

Emmanuel
(Uberaba, 29 de junho de  1982)


ENDEREÇOS DE PAZ
Espírito: André Luiz
Livro - 217 / Ano - 1982 / Editora -
CEU

As páginas deste livro se constituem dos apontamentos e reflexões de nosso amigo André Luiz, todas elas dignas de nossa melhor consideração.
Examinando-as e observando-lhes a multiplicidade dos ângulos, através dos quais o nosso companheiro analisa as situações e ocorrências da vida, concluímos que este volume é um roteiro de segurança e tranqüilidade, resguardando-nos a jornada evolutiva nos caminhos da elevação.
É por isto, caro leitor, que te ofertamos o presente volume, em nome do Autor, com alegria de quem entrega um mapa valioso de endereços da paz, na condição de servidor  reconhecido.

Emmanuel
(Uberaba, 4 de outubro de 1982)


MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
Espírito: Emmanuel
Livro 218 / Ano - 1982 / Editora - IDEAL

Leitor amigo
Quantos de nós que nos vinculamos à Terra, buscando participar, sob a inspiração de Jesus, do levantamento da Vida Melhor, necessitamos de material para a construção dessa obra perene do Espírito.
Todo esse material, porém, é constituído por abençoados recursos da alma.
Muitas vezes, nas horas difíceis, é uma frase rápida, uma prece, uma resposta amiga ou um minuto de reflexão que nos auxiliam a resolver os mais intrincados problemas.
Eis porque te oferecemos este livro simples, lembrando a tomada humilde que proporciona contato com a usina de força. Por isso mesmo, aqui também, cada página singela descendente das fontes evangélicas à feição de tomada múltipla, pode colocar-nos em ligação com os ensinamentos vivos do Cristo de Deus, nosso Divino Mestre e Senhor.

Emmanuel
(Uberaba, 18 de abril de 1982)


PRESENÇA DE LAURINHO
Espírito: Laurinho
Livro - 219 / Ano - 1982 / Editora - IDE

Por quê?
Desesperada pela desgraça que desabou sobre nossa família, tentei por todos os meios conseguir, daqui e dali, uma escora para nós, antes que nos víssemos prostrados num hospital...
Família de antecedentes católicos, católicos praticantes que sempre fomos, justo foi que procurássemos na Igreja das forças, a explicação e o conforto de que necessitávamos.
Por que nos aconteceu isto tudo? Recebemos algumas palavras de uns e de outros, mas o esteio verdadeiro para nossa dor, através de uma explicação concreta, não o conseguíamos em lugar algum. Em meu mundo de revoltas e tribulações, vendo meu marido, minhas filhas, netos, não resistirem a tal acontecimento, resolvi ir até Chico Xavier, em Uberaba, sem nunca ter tido conhecimento de seus ensinamentos ou qualquer noção do que lá se passava. Graças a Deus, às suas palavras, à sua força, à sua humildade, sua ligação com o Senhor, encontramos o de que estávamos mais precisando - a paz interior. Deste dia em diante, fazendo os maiores sacrifícios para irmos até ele pelo, menos uma vez ao mês, ouvir aquele "Jesus nos abençoe" de tão abnegado homem, começamos por analisar aquela alma boa, aquele espírito lhano e humilde, que, não obstante pudesse viver rodeado do maior conforto material, tudo desprezou em benefício dos necessitados. Começamos assim, através da influência do grande médium, a sofrer pequenas transformações em nosso íntimo e a refletir melhor no conteúdo de nosso dia-a-dia.
Espero que possamos continuar rumo a essa meta, meta que conseguimos enxergar; e, em nome do nosso querido Laurinho acudir, na medida do possível e dentro de nossas forças, àqueles aos quais ele certamente entregaria seu coração num gesto de conforto e amor fraternal.


ESTAMOS NO ALÉM
Espírito: Diversos
Livro - 220 / Ano - 1982 / Editora -
IDE

Reunidos em agradável diálogo, comentávamos alguns temas de elevação, com a maioria dos comunicantes amigos, cujas páginas formam este livro, quando foi abordada a questão do título para nomeá-lo.
-
 É preciso encontrar uma anotação simples,  - dissemos.
-
 Que apresente o conjunto de nossas mensagens? – perguntou um companheiro.
-
 Sim, - confirmamos.
-
 Por que semelhante preocupação?
Outro amigo aditou:
- Acaso, não compreendes?
E à frente do interlocutor encabulado, rematou:
Ante os amigos do Plano Físico, estamos no Além.
A frase nos atingiu, de tal modo, que o título surgiu: “estamos no Além”.
E aqui tens, leitor amigo, o livro despretensioso que te ofertamos à leitura e à meditação.
Que estas páginas de amor e consolação, reencontro e reconforto consigam auxiliar-te na renovação íntima, que todos aspiramos a alcançar, sob o amparo de Jesus, são os nossos votos.

Emmanuel
(Uberaba, 18 de abril de 1982)


Voltar à página anterior


O Consolador
 Revista Semanal de Divulgação Espírita