WEB

BUSCA NO SITE

Edição Atual Edições Anteriores Adicione aos Favoritos Defina como página inicial

Indique para um amigo


O Evangelho com
busca aleatória

Biblioteca Virtual
 
Biografias
 
Filmes
Livros Espíritas em Português Libros Espíritas en Español  Spiritist Books in English    
Mensagens na voz
de Chico Xavier
Programação da
TV Espírita on-line
Rádio Espírita
On-line
Jornal
O Imortal
Estudos
Espíritas
Vocabulário
Espírita
Efemérides
do Espiritismo
Esperanto
sem mestre
Links de sites
Espíritas
Esclareça
suas dúvidas
Quem somos
Fale Conosco

 

Biblioteca Virtual

Para visualização da maioria dos livros é necessário o aplicativo Adobe Acrobat Reader. Caso não tenha, faça o download gratuito no link ao lado. Clique para baixar o programa
Em cumprimento a Lei 9.610 de 19/02/98 sobre direitos autorais, alguns dos livros são oferecidos para uso exclusivo de deficientes visuais. Contamos com sua compreensão e respeito.


 
 

Chico Xavier - Coleção Completa
Obras do nº 131 ao 14
0


DIÁLOGO DOS VIVOS

Espírito: Diversos
Livro - 131 / Ano - 1974 / Editora -
GEEM

 

Diálogos Sempre Vivos
Moisés dialogou com Jeová e o Livro dos Mandamentos estabeleceu as leis primordiais da justiça entre os homens.
Jesus vem a Terra, dialoga com os discípulos, e o Evangelho brilho até hoje, traçando as normas do Reino do Amor para a elevação da Humanidade.
Kardec chega ao mundo, dialoga com os Espíritos Sábios e Benevolentes que lhe dirigem a Obra, e “O Livro dos Espíritos “surge por alicerce da Doutrina Espírita que renova o pensamento religioso da Terra, libertando e esclarecendo, confortando e instruindo as criaturas.
E atendendo à corrente inestancável dos ensinamentos e bênçãos das Esferas Superiores, os Vivos da Terra e os Vivos do Além continuam dialogando entre si, no trato dos interesses que dizem respeito à vida imortal.
Este volume, tanto quanto outros 'livros dos espíritos “, vão despontando na atualidade, fazendo-nos sentir que Deus é amor sempre, que a morte á apenas mudança, que a cada um de nós será trazido pelo tempo o fruto das próprias obras, que as portas da evolução e do trabalho estão incessantemente abertas nos campos múltiplos do Universo e que nós todos, aqui e mais além, permaneceremos indissoluvelmente unidos no amor sem adeus.

Emmanuel
(Uberaba, 18 de abril de 1974)


CALENDÁRIO ESPÍRITA
Espírito: Diversos
Livro - 132 / Ano - 1974 / Editora - CEC

Dia-a-Dia

Nas curtas viagens do dia-a-dia, todos nós encontramos o próximo, para cuja dificuldade somos o próximo mais próximo. Imaginemo-nos assim, assim, numa excursão de cem passos que nos transporte do lar, à rua. Não longe passa um homem que não conseguimos, de imediato, reconhecer.
"Quem será?" - Perguntamos em pensamento.
E a lei do Amor no-lo aponta como alguém que precisa de algo: 

se vive em penúria, espera socorro;
se abastado, solicita assistência moral, de maneira a empregar, com justiça, as obras de que dispõe;
se aflito, pede consolo;
se alegre, reclama apreço fraterno, para manter-se ajustado à poderação;
se é companheiro, aguarda concurso amigo;
se é adversário, exige respeito;
se benfeitor, requer cooperação;
se malfeitor, demanda piedade;
se doente, requisita remédio;
se é dono de razoável saúde, precisa de apoio afim de que se preserve;
se ignorante, roga amparo educativo;
se culto, reivindica estímulo, para desentranhar, a benefício dos semelhantes, os tesouros que acumula na inteligência;
se é bom, não prescinde de auxílio para fazer-se melhor;
se é menos bom, espera compaixão, que o integre na dignidade da vida.
Ante o ensino de Jesus pelo samaritano da caridade, poderemos facilmente entender que os outros necessitam de nós tanto quanto necessitamos dos outros. E, para atender nossas obrigações, no socorro mútuo, comecemos, à frente de qualquer um, pelo exercício expontâneo da compreensão e da simpatia.

Emmanuel

"Caminho Espírita"


INSTRUMENTOS DO TEMPO
Espírito: Emmanuel
Livro - 133 / Ano - 1974 / Editora - CEC

Leitor amigo
Convidados a estudar os ensinos do Cristo, à luz da Doutrina Espírita, com os instrumentos do tempo, fomos 
impulsionados a reconhecer que os instrumentos do tempo são as palavras.
Calaram-se civilizações no desdobrar dos séculos e processos de vivência humana evoluíram em todos os planos; entretanto, o verbo é a engrenagem do relacionamento espiritual na Terra, sempre o mesmo, pleno de revelações e prodígios na renovação do Mundo e da Vida.
Por isso mesmo, possuímos conceitos, os mais diversos, ao redor de assuntos determinados que as palavras definem por si, na simples enunciação mecânica que lhes é própria:
Palavras-construções e palavras-pedras.
Palavras-luzes e palavras-embalagens.
Palavras-sementes e palavras-charruas.
Palavras-bençãos e palavras-mensagens.
Palavras-explicações e palavras-estruturas.
Palavras-medicamentos e palavras-bisturis.
Palavras-lâminas e palavras-auxílios.
Palavras-sinais e palavras-advertências.
Palavras-melodias e palavras-protestos.
Palavras-esperanças e palavras-terminações. 
As páginas deste livro são instrumentos do tempo, esculturando as elucidações da verdade para o caminho de progresso e aperfeiçoamento que fomos trazidos a percorrer. 
Semelhantes agentes codificadores da realidade, a fim de que nos informemos quanto aos programas e problemas que competem a cada um de nós, são as palavras que alinhamos por fios de comunicação no intercâmbio de idéias e anotações que aspiramos a alcançar.
Entregando-te, pois, este volume despretensioso, agradece ao Senhor as ferramentas de que dispomos para os nossos entendimentos recíprocos, ao mesmo tempo em que rogamos a Ele, nosso Senhor e Mestre, nos ilumine e nos abençoe.

Emmanuel
(Uberaba, 3 de outubro de 1974)


RESPOSTAS DA VIDA
Espírito: André Luiz
Livro - 134 / Ano - 1974 / Editora - GEEM

A vida responde sempre às nossas indagações.
Estudos e pesquisas são problemas de longo alcance que o Espírito formula, à frente do Universo; invenções e descobertas constituem soluções que a Divina Sabedoria nos fornece pela escola do trabalho.
Muitos companheiros, endereçando inquirições ao nosso amigo André Luiz, inspiraram a ele a formação deste livro que lhe reúne as respostas, especialmente no que se refere  aos temas de iluminação íntima e relacionamento comum, relativamente à nossa melhoria espiritual.
Entregando, assim, estas páginas aos leitores amigos, com a satisfação de quem usufrui o correio da amizade para trazer-lhes observações e notícias, sugestões e apontamentos de excelente companheiro do Plano Espiritual, rogamos a Jesus nos conduza pelos caminhos da Luz e do Amor, da Renovação e do Progresso que Ele mesmo nos traçou, inspirando-nos e abençoando-nos, tanto hoje quanto sempre.

Emmanuel
(Uberaba, 21 de maio de 1975)


JOVENS NO ALÉM
Espírito: Diversos
Livro - 135 / Ano - 1974 / Editora - FEESP

Para nós, efetivamente, não existem na Terra jovem ou velha.
Em qualquer parte, encontramos companheiros de trabalho e de experiência, nos mais diversos marcos de tempo.
Em razão disso, tantas vezes, no mundo, somos defrontados por meninos-sábios e sábios-meninos.
Amigos que se transferiram para a nossa vivência espiritual, no verdor da força física, escreveram este livro. Formaram-no, página a página, consagrando-as aos familiares e afeiçoados da Terra, identificando-se de modo a informá-los com segurança. Para isso, bastas vezes; quiseram empregar linguagem própria, esbatendo choques em brandas consolações, transformando surpresas em advertências, saudades em bênçãos e lágrimas em sorrisos.
E as mensagens desses irmãos queridos da juventude vertem do Além para a Terra, não somente para os corações amados a que se vinculam. Chegam igualmente em nossa direção, auxiliando-nos a escolher o melhor caminho e a pensar com acerto, em qualquer ângulo espacial a que nos ajustemos ou em qualquer faixa etária de nossa evolução.
Leitor amigo:
que este recipiente de sensatez e alegria, paz e renovação que te ofertamos, em forma de livro, possa beneficiar-te e reconfortar-te, onde quer que te encontres, são os votos do servidor que, como sempre, roga à Divina.
Providência a todos nos ilumine, sustente, fortaleça e abençoe.

Emmanuel
(Uberaba, 6 de julho de 1975)


CONVERSA FIRME
Espírito: Cornélio Pires
Livro - 136 / Ano - 1974 / Editora - GEEM

Prezado leitor
Nosso amigo Cornélio comparece ao encontro conosco neste livro para o diálogo que ele próprio nomeou como sendo "Conversa Firme".

Companheiro dedicado à verdade e ao amor, cuja palavra se articula em abençoada luz de compreensão, desejamos seja ele no contato contigo o mensageiro de reconforto e bom ânimo, paz e alegria que tem sido para nós.

E, enquanto aprendemos e meditamos com o estimado irmão de sempre, rogamos ao Senhor a todos nos inspire e nos abençoe.

Emmanuel
(Uberaba, 28 de julho de 1975)


A TERRA E O SEMEADOR
Espírito: Emmanuel
Livro - 137 / Ano - 1975 / Editora - IDEAL

Caro amigo Salvador:
Deus nos abençoe.
Autorizamos os prezados amigos do Instituto de Difusão Espírita, em Araras, a fazerem a publicação das entrevistas que você arquivou, entre 1958 e 1975, e agradecemos, como sempre, as suas atenções.
Realmente, de minha parte, devo as todas, no que contenham de útil ao nosso abnegado Emmanuel, e, em razão disso, não posso esquecer que nosso amigo Espiritual é o autor das páginas a que nos referimos.
Estou na condição da terra e, sem dúvida, que ele é para mim o incansável semeador.
Fizemos a revisão necessária na entrevista com a nossa distinta Patrícia Hebe Camargo e esperamos que todo o trabalho esteja preparado para os fins em vistas.
Muito grato, sou o irmão e servidor reconhecido de sempre.

Francisco Cândido Xavier
(Uberaba, 30 de julho de 1975)


CHÃO DE FLORES
Espírito: Diversos
Livro 138 / Ano - 1975 / Editora - GEEM

Caro leitor
Enquanto nossos companheiros - os trovadores da Espiritualidade - escreviam as páginas deste livro, notávamos que os versos lhes nasciam da alma por flores de luz a se espalharem na terra. E da terra que pisávamos reverentes, eis que a revoada de pétalas se voltava para nós, em ondas de renovação e alegria, encantamento e beleza.
Em razão disso, este volume pareceu-nos prodigioso chão de flores.
Ë com este nome, leitor amigo, que et entregamos semelhante oferta, desejando et felicites aqui com a descoberta que nos eleva os corações: o tesouro das mensagens iluminadas de amor trazidas até nós por generosos intérpretes da Vida Maior, em nome de Deus, a entretecerem com ensinamentos e consolações, avisos e bençãos todo um maravilhoso jardim de sabedoria e imortalidade, paz e luz.

Emmanuel
(Uberaba, 30 de agosto de 1975)


CAMINHOS DE VOLTA
Espírito: Diversos
Livro - 139 / Ano - 1975 / Editora - CEC

Os pioneiros dos descobrimentos de novas glebas do Planeta sempre deixam sinais nos caminhos de volta.
Especialmente para os companheiros que lhes seguem as pegadas para o destino então atingido.
Aqui, uma inscrição, ali um tronco gravado, adiante um monumento de fé, mais além uma construção pequena e rústica.
Este livro é uma coleção de marcos para a viagem humana, ante os continentes diversos da Espiritualidade.
Constituído de páginas, materializadas em forças de alma, somos daqueles que as oferecem aos leitores amigos, por modestos sinais nossos, os que já deslanchamos para a jornada de trabalho novo, rumo ao Mais Alto.
Possam elas, com as nossas notícias, reconfortar e esclarecer corações, com o aceno da fraternidade e com a luz da esperança, são os nossos votos, rogando a Jesus, o Mestre Excelso, a todos nos inspire e nos abençoe.

Emmanuel
(Uberaba, 30 de outubro de 1975)


O ESPERANTO COMO REVELAÇÃO
Espírito: Francisco V. Ponto Lorenz
Livro - 140 / Ano - 1975 / Editora -
IDE

Companheiro de Volta
Aqueles que atingiram a Espiritualidade Superior não cessam de criar alegria e cultura, elevação e beleza.
Aqui temos Lorenz, de volta, o companheiro infatigável do Plano Físico, em plenitude de trabalho, no Mundo Espiritual.
O Esperanto - porta da cofraternização humana - é o tema por ele escolhido para o noticiário, através do correio mediúnico.
Quando a Terra de hoje é arroteada pelo alvião do progresso e quando comunidades supercultas se empenham a redescobrir as realidades do Espírito, imprimindo-lhes novo colorido às definições ao registrá-las e fichá-las sob outros nomes, saudamos o amigo que volve o campo dos conhecimentos humanos, convidando-nos à continuidade da obra de Zamenhof, o missionário da união e da solidariedade, da concórdia e da paz.
Apresentando-lhe a nova realização aos leitores amigos, não temos que lhe destacar nobreza e mérito, sobejamente conhecidos no mundo, mas sem reafirmar o nosso carinho e admiração pelo companheiro incansável do Bem Eterno, ao mesmo tempo que rogamos ao Cristo de Deus o sustente e inspire sempre, engrandeça e abençoe.

Emmanuel
(Uberaba, 2 de janeiro de 1976)


Voltar à página anterior


O Consolador
 Revista Semanal de Divulgação Espírita